Skip to content

Maria e os nossos pacotes

08/01/2009
Foto do jornal Bom Dia

Carlota, em foto do jornal Bom Dia

Morreu nesta terça-feira (6), aos 84 anos, Carlota Edith Barbieri. Era conhecida como a Maria dos Pacotes, personagem urbano que povoou as histórias da cidade de Jundiaí em meados da década de 60.

Passou os últimos anos numa pensão no centro da cidade. Carlota não chegou a se casar, andava sempre com o jornal que trazia o edital da cerimônia eternamente adiada.

O editor do Jornal Bom Dia, Edu Cerioni, foi impecável no texto publicado nesta quinta (8).

Edu Cerioni

Mito na cidade, morre Maria dos Pacotes

Carlota Edith Barbieri adotou um estilo de vida que assustava muita gente

Jundiaí perdeu Carlota Edith Barbieri. Foi enterrada terça-feira uma cansada mulher de 84 anos, que vivia na cama há quase uma década, vítima de atropelamento. Foi-se a idosa frágil e de brilhantes olhos azuis. Ficou o mito eternizado no apelido Maria dos Pacotes.

Qualquer jundiaiense na faixa dos 40 anos lembra daquela pedinte que vivia pelas ruas carregando tudo o que ganhava. Tudo mesmo. De um bife frito a roupas, ela embrulhava qualquer coisa que passasse por suas mãos e arrastava até sua casa. Onde? Isso ninguém sabia dizer.

Nos últimos anos, Maria dos Pacotes vivia em uma pensão no Centro, onde morreu. Sob o colchão, o velho jornal da década de 60 que exibia o edital de seu casamento nunca realizado.

Diz a lenda que Carlota se tornou Maria dos Pacotes no final dos anos 60, ao ser abandonada no altar. Os pacotes representariam os presentes que o casal havia recebido e que ninguém sabe o paradeiro.

Ela adotou um estilo de vida que assustava muita gente. E era uma mulher brava, que não levava desaforo sem dar o troco. “Uma vez ela correu atrás da minha irmã até em casa e, lá, jogou um monte de coisas na porta, xingando muito”, recorda o mecânico Ronaldo Damásio, 45. “Todo mundo tinha medo dela.”

José Renato Forner na peça Maria e os pacotes

José Renato Forner na peça Maria e os pacotes

Em 2007, o ator José Renato Forner interpretou-a como personagem na peça “Maria e os pacotes”, de Marcos César Duarte e direção de Mário Rebouças. O texto faz uma metáfora com os pacotes que a andarilha carregava e mostra o quanto foi emblemática a atitude de empacotar os sonhos, as frustrações e os desejos.

A história de Carlota se parece com aquelas da ficção, cheias de sentidos e entrelinhas, que nos colocam diante de nós mesmos entre as perguntas mais óbvias e as mais complexas.

— O que carrego nos meus pacotes?

— Qual história estará sob meu colchão no dia da minha morte?

Retranca da matéria do Bom Dia disponivel na versão impressa

Retranca da matéria do Bom Dia disponível na versão impressa

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. Fernanda Callefo permalink
    08/01/2009 11:12 am

    Lindo o texto! A Maria dos Pacotes é um exemplo de tantos personagens urbanos que muitas vezes ignoramos nas ruas e que podem esconder histórias de vida interessantíssimas.

  2. 08/01/2009 11:26 am

    As perguntas são pertinentes!
    Ela foi-se e deixou história…
    E nós?

  3. Diego Almeida permalink
    08/01/2009 5:01 pm

    Maria dos Pacotes. Uma história linda, uma vida vivida as margens do quase. Quase casada, quase feliz, quase amada. A vida é uma caixa de surpresas. Ao editor parabéns pelo ótimo texto.
    Danilo valeu por nos propiciar belas histórias..

    Um abraço

    Diego

  4. 09/01/2009 1:02 am

    Querido, essa história não rendeu apenas inspiração de começo de madrugada numa sexta-feira… Rendeu reflexões para uma vida inteira. Obrigada!

    (Vou abraçar o travesseiro e analisar os meus pacotes…)

    Te beijo,
    B.

  5. Anônimo permalink
    13/09/2012 12:21 am

    Lembro dela quando morei no Anhangabaú…
    RIcardo
    http://www.clubimob.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s